Notícias

CORONA VÍRUS NA AUSTRÁLIA

Uma equipe de cientistas na Austrália informou na última quarta-feira (29/01/2020) que desenvolveu uma versão de laboratório do novo coronavírus, a primeira a ser recriada fora da China, em uma descoberta que pode acelerar a criação de um vacina contra o vírus.

Os pesquisadores do Instituto Peter Doherty para Infecção e Imunidade, em Melbourne, disseram que compartilhariam a amostra, desenvolvida a partir de um paciente infectado, com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e laboratórios de todo o mundo.

O surto de coronavírus irrompeu na cidade de Wuhan, região central da China, no fim de 2019. Embora o país tenha isolado boa parte da província de Hubei, cujo volume populacional se assemelha ao da Itália, o vírus já se alastrou por mais de doze países, da França aos Estados Unidos.

Um laboratório chinês já cultivou o vírus, mas divulgou apenas a sequência de genoma, não a amostra em si, de acordo com a rede de televisão pública Australian Broadcasting Corp.

Além de contribuir para a criação de uma vacina, a amostra cultivada na Austrália poderia ser usada para gerar um teste de anticorpos, o que permitiria a detecção do vírus em pacientes que não apresentavam sintomas, informou o Instituto Doherty.

“Ter o vírus real significa que, agora, temos a capacidade de validar e verificar todos os métodos do teste”, disse Julian Druce, chefe do laboratório de identificação de vírus do instituto.

A Austrália recebe milhares de chineses todos os dias, afinal, em 9 horas você chega no país. Além de ter muitos negócios com a China! O governo australiano alerta que se você voltou de qualquer lugar da província de Hubei, deve se isolar por 14 dias.

Se você não visitou a província de Hubei e se sente bem, não precisa se auto-isolar e pode seguir sua vida normal. Se seu filho voltou recentemente da China, recomenda-se que fique em casa longe da escola.

A taxa de infecção continua a subir, com 9.926 casos confirmados de coronavírus em todo o mundo. O primeiro caso da Austrália foi diagnosticado em 25 de janeiro e agora nove pessoas na Austrália estão confirmadas como portadoras do vírus – quatro em NSW, três em Victoria e duas em Queensland.

Mais dois australianos na China estão confirmados como infectados. Todos os pacientes na Austrália estão em condições estáveis, com duas pessoas liberadas e declaradas não infecciosas, e as outras sendo mantidas em isolamento.

Show More

Priscila

Fundadora e CEO do Oi Austrália. Realizou o sonho de morar fora do Brasil em 2014 , quando veio para Austrália. Adora se comunicar e ficar ligada em tudo que acontece. Essa curitibana é mãe do Benjamin e apaixonada por desafios e gastronomia.

Artigos Relacionados

Back to top button
Close
Close
Skip to toolbar